Uso de meia elástica é indicado para a maioria dos pacientes com trombose e Insuficiência Venosa Crônica

Conclusão foi publicada no Consenso Europeu de Cirurgia Vascular e Endovascular 2022. A meia elástica melhora sintomas como inchaço e dores nas pernas e pode evitar ou diminuir o aparecimento de varizes

O Consenso Europeu de Cirurgia Vascular e Endovascular, publicado em janeiro deste ano, revelou que o uso de meia elástica é considerado indicado na maioria das situações clínicas em pacientes portadores de trombose e Insuficiência Venosa Crônica. O documento analisou as principais pesquisas e trabalhos científicos publicados. O presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular – Regional São Paulo (SBACV-SP), Dr. Fabio H. Rossi, e membros do Instituto de Excelência em Doenças Venosas (IEDV) tiveram dois trabalhos usados como referência nesse documento: “Ter os nossos estudos mostrados como parâmetro para o guideline é motivo de orgulho para a Cirurgia Vascular brasileira, uma vez que esse guia é usado para nortear o diagnóstico e tratamento no mundo inteiro”, comentou Dr. Fabio.

Para melhorar sintomas como inchaço e dores nas pernas e evitar ou diminuir o aparecimento de varizes, o uso de meia elástica foi recomendado nos seguintes quadros clínicos: dor (20-30 mmHg) e edema de membros inferiores (30-40 mmHg); escurecimento de pele, lipodermatoesclerose e úlceras (30-40 mmHg); prevenção de trombose em viagens de longa distância (20-30 mmHg); síndrome pós-trombótica (30-40 mmHg); pós-operatório de tratamento cirúrgico de varizes, independentemente do método utilizado (20-30 mmHg); e no tratamento da úlcera varicosa em atividade ou cicatrizada (30-40 mmHg).

No entanto, no caso de pacientes portadores de insuficiência circulatória arterial, o guideline citou que a prática é contraindicada e deve ser prescrita e acompanhada por médico vascular.

Outras informações podem ser obtidas por meio do link https://www.ejves.com/article/S1078-5884(21)00979-5/fulltext

Dr. Fabio ressalta a principal novidade desse documento. “Esse recente guideline europeu é o reconhecimento da importância do diagnóstico e tratamento endovenoso das obstruções venosas e da síndrome pós-trombótica em pacientes portadores de insuficiência venosa crônica em graus avançados”.

Fonte: Eur J Vasc Endovasc Surg; Maeseneer et al; 2022

Sobre a SBACV-SP

A Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular – Regional São Paulo – SBACV-SP, entidade sem fins lucrativos, é a Regional oficial da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV) no estado de São Paulo. A entidade representa os médicos que atuam nas especialidades de Angiologia e de Cirurgia Vascular, nas áreas de atuação de Angiorradiologia e Cirurgia Endovascular, Radiologia Intervencionista e Angiorradiologia, Ecografia Vascular e outras áreas afins às especialidades. www.sbacvsp.com.br

Informações à Imprensa – Way Comunicações

Elenice Cóstola

WhatsApp (19) 99601-5900

E-mail: elenicecostola@waycomunicacoes.com.br

Bete Faria Nicastro

Telefones (11) 3862-1586 / 3862-0483

E-mail bete@waycomunicacoes.com.br

Mara Morgado

E-mail maramorgado@waycomunicacoes.com.br

Por: Way Comunicações / Foto Ilustrativa: Freepik

Comentários estão fechados