5% a 10% dos casos de câncer colorretal têm origem hereditária e mapeamento genético permite reduzir risco desta doença em parentes

Risco de desenvolver câncer colorretal é de aproximadamente 70% entre os que apresentam mutação genética associada com síndrome de Lynch e pode chegar a 100% naqueles com polipose adenomatosa familiar. A identificação dos pacientes permite a adoção de medidas eficazes de rastreamento e prevenção, beneficiando inúmeros familiares portadores assintomáticos dessas …

Continue reading