Bomba-relógio: paciente com doença rara progressiva pode ter dificuldade de acesso a tratamento para todos os estágios

Além de lidar com os problemas decorrentes da condição, Laudeci Alves, diagnosticada há dois anos com amiloidose hereditária por transtirretina (hATTR), teme a evolução da enfermidade por falta de medicamento disponível no SUS Os pacientes com doenças raras enfrentam uma corrida contra o tempo. Primeiro, precisam obter o diagnóstico correto, …

Continue reading