SUS ofertará exame de toxoplasmose para bebês

Para isso, o sangue já coletado no Teste do Pezinho vai ser usado para identificar a doença. Medida visa diagnóstico precoce em recém-nascidos, evitando sequelas, como problemas de visão e audição

Foto: can stock photo

A partir deste ano, todos os recém-nascidos devem ser submetidos ao exame de toxoplasmose congênita ao mesmo tempo em que é realizado o Teste do Pezinho. Assim, a partir da amostra de sangue coletada do recém-nascido para a realização do Teste do Pezinho, também, será feita a análise para a toxoplasmose transmitida da mãe para o bebê. Estudos mostram que a cada 10 mil nascimentos, entre 5 e 22 bebês possuem toxoplasmose. A medida foi publicada, na última quinta-feira (5), no Diário Oficial da União (DOU). Os serviços públicos de saúde de todo o país têm o prazo de 180 dias para ofertar a novidade à população.

Fonte: Ministério da Saúde

Comentários estão fechados