Ibramed traz solução para quem quer fazer uma cirurgia de remoção da pele enrugada da pálpebra, mas tem medo

Plasmed permite que procedimento seja feito sem cortes

De acordo com a última pesquisa realizada pelo ISAPS, Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética, em 2018, o Brasil foi considerado o país que mais realiza esse tipo de cirurgia, passando de 1 milhão, além dos 969 mil procedimentos não cirúrgicos.

As cirurgias faciais são uma das mais procuradas, segundo o estudo, e pode-se destacar a blefaroplastia, capaz de retirar as peles e bolsas de gorduras da pálpebra, resultando em um olhar mais harmônico.

As mulheres e homens que mais procuram são geralmente aqueles que estão começando a ter perda de colágeno, resultando em uma pele mais enrugada, e isso acaba afetando a autoestima dessas pessoas, por isso muitas delas procuram por soluções eficazes. No entanto, o medo do corte, por ser em uma área sensível, e do pós-operatório acabam inibindo a decisão de realizar a cirurgia.

A Ibramed, empresa de tecnologia para equipamento em prol do bem-estar, lança o Plasmed, equipamento capaz de realizar a blefaroplastia sem cortes.

Com design sensorial e anatômico, o equipamento permite maior conforto terapêutico ao profissional e segurança para o clientes. “Esse aparelho é um jato de plasma, que podem realizar além desse, muitos outros procedimentos, como rejuvenescimento facial, tratamento de estrias e cicatrizes e até mesmo despigmentação”, comenta a XX da Ibramed

Além disso, ele ainda traz outros benefícios para as pacientes, como o valor, ou seja, em vez da pessoas pagar cerca de R﹩4 mil em uma cirurgia, com o tratamento do Plasmed, o valor pode cair até menos da metade.

Para os profissionais da estética, também existem inúmeros benefícios, como o seu modelo portátil, sem fios, que pode ser carregado dentro de uma maleta, que o acompanha. Ele também vem com distanciadores, para que não haja receio em encostar o Plasmed na pele da paciente e machucá-la, e nove ponteiras diferentes que permitem a versatilidade dos tratamentos, podendo ser faciais ou corporais.

Sua característica de ser um gerador de plasma é importante, porque por meio dela o risco de inflamação e hipercromias é menor, ela diminui o incômodo presente durante a aplicação, gera menos edemas no pós-procedimento, consegue administrar os níveis de lesões e é mais estável.

“Ele também se destaca pela possibilidade de quatro técnicas de aplicação: fuguração varredura, fuguração pontual, peeling de plasma e aplicação para permeação de cosméticos, com isso, pode-se perceber que ele é um equipamento versátil”, confirma.

A XX ainda complementa dizendo que ele pode ser usado no modo pulsado, para aqueles que são iniciantes do assunto, assim o profissional poderá escolher o tempo de aplicação, tempo de espera e auxiliando na execução.

“O Plasmed demorou cerca de um ano para ser desenvolvido, pensamos em todos os detalhes e necessidades que uma esteticista precisa, sem contar nos testes clínicos para entender como o cliente final se sentiria com os resultados. Nós inovamos e esse é só mais um objetivo concluído de muitos que virão”, finaliza.

Fonte: IBRAMED.

Comentários estão fechados