Entidades lançam nota de apoio a enfermeira agredida na Bahia

Enfermeira baiana foi agredida ao defender práticas humanizadas na atenção à parturiente

http://www.cofen.gov.br/wp-content/uploads/2014/11/FOTO-ABEN-1024x768.jpgO Conselho Regional de Enfermagem da Bahia (Coren-BA), a seção Bahia e Regional de Feira de Santana da Associação Brasileira de Enfermagem (ABEn-BA), a Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiros Obstetras da Bahia (Abenfo-BA) e o Sindicato dos Enfermeiros do Estado da Bahia (SEEB) lançaram uma nota de solidariedade à enfermeira Luciane Ribeiro. A profissional de enfermagem foi vítima de agressão física cometida por um médico plantonista no Hospital da Mulher, em Feira de Santana/BA, no dia 2 de novembro.

Os representantes das organizações políticas de Enfermagem se reuniram na última sexta-feira (7) juntamente com profissionais de Enfermagem e a vereadora Aladilce Souza e realizaram um ato público em frente à unidade de saúde, chamando a atenção da comunidade para a gravidade do ato. Em seguida, o grupo se reuniu com a presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana, Gilberte Lucas, e a coordenadora de enfermagem do centro obstétrico do Hospital da Mulher, enfermeira Glécia Carneiro Guimarães, para tratar dos encaminhamentos que foram dados e as providências que serão tomadas.

A administração do Hospital da Mulher, onde tudo aconteceu, informou que demitiu o médico. Em nota, a Prefeitura de Feira de Santana afirmou que o caso também foi encaminhado para o Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia (Cremeb), para que sejam tomadas as medidas cabíveis.

Fonte: Coren-BA (editada pela Ascom-Cofen)

Comentários estão fechados