Dia Mundial do Diabetes alerta sobre os cuidados com a visão

Retinopatia Diabética é a principal causa de cegueira em pessoas em idade produtiva em função de complicações na retina

Quem tem diabetes sabe que disciplina é fundamental para ter mais qualidade de vida1.  O diabetes é uma doença crônica que atinge 13 milhões de pessoas, só no Brasil2. Além dos cuidados como controle de glicemia, alimentação balanceada e prática de exercícios físicos, o que nem todo mundo sabe é que também são recomendados cuidados com a visão.  A doença é a principal causa de cegueira em pessoas em idade produtiva3.

Segundo pesquisa realizada pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, de 2014, 77,2% dos indivíduos com diabetes tipo 2 não aderem ao tratamento no país, o que ocasiona sérias complicações, entre elas a retinopatia diabética, que afeta 40% dos brasileiros com a condição5. A retinopatia diabética é a principal causa de cegueira no mundo devido à falta de controle do diabetes6.

A retinopatia é uma das principais complicações microvasculares e pode causar cegueira, se não diagnosticada e tratada a tempo, independentemente da idade. “A doença é causada pela alteração na permeabilidade dos vasos sanguíneos da retina em decorrência da hiperglicemia de médio a longo prazo” explica o oftalmologista especialista em Retina, Rafael Andrade.

“Ela pode ser de dois tipos: a não proliferativa, forma inicial que é detectada quando os vasos do fundo do olho estão danificados, causando hemorragia e vazamento de líquido da retina, chamado de Edema Macular Diabético; e a proliferativa é diagnosticada quando os vasos da retina ou do nervo óptico não conseguem trazer nutrientes para o fundo do olho e por consequência, há formação de vasos anormais, que causam o sangramento”, complementa o médico.

O estudo Dr. Barometer7, realizado com a colaboração de especialistas da Federação Internacional sobre o Envelhecimento (IFA), da Federação Internacional de Diabetes (IDF), da Agência Internacional para a Prevenção da Cegueira (IAPB), envolvendo 41 países, publicado em 2017, constatou no Brasil que 91% dos entrevistados com diagnóstico de retinopatia disseram que não conseguem realizar as atividades cotidianas, como dirigir, trabalhar e concluir tarefas básicas em casa e 28% dos respondentes do estudo nunca discutiram complicações oculares com o médico ou só o fizeram após os primeiros sintomas.

Campanha mobiliza atores de saúde em prol da conscientização

Para sensibilizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce da retinopatia diabética, as associações de pacientes ADJ Diabetes Brasil e a Retina Brasil junto com o Clube do Diabetes fizeram uma parceria com a Novartis para realizar a Campanha De Olho no Diabetes, cujo embaixador é o apresentador André Marques. A iniciativa tem o intuito também de estimular a visita ao oftalmologista, preferencialmente especialista em retina pelo menos uma vez ao ano, e, contribuir na educação sobre a importância dos cuidados com a visão, e consequentemente, contribuir para o diagnóstico rápido de Retinopatia ou Edema Macular Diabético.

A campanha estrelada por André Marques conta com depoimentos dos presidentes da ADJ Diabetes Brasil, Gilberto Casanova, e da Retina Brasil, Maria Júlia Araujo, e da influenciadora digital e autora do Portal Clube do Diabetes, Aline Peach. São quatro vídeos que mostram a importância das pessoas com diabetes visitarem o oftalmologista especialista em retina pelo menos uma vez ao ano, para diagnosticar precocemente a retinopatia diabética e ter acesso ao tratamento dela. A iniciativa incluirá depoimentos de mais 11 influenciadores digitais com diabetes.

Um diferencial é que a campanha inclui em um só local, informações, notícias, serviços e atividades relacionadas à saúde ocular das pessoas com diabetes, além de oferecer uma plataforma de busca online de especialistas e centros de referência no diagnóstico, tratamento e acompanhamento de diabetes (endocrinologista) e em cuidados com a visão (oftalmologistas) desses pacientes, para que possam encontrar apoio perto de casa ou do trabalho, por meio de uma busca simples via CEP.

Para mais informações sobre a campanha, acesse: https://deolhonodiabetes.com.br/.

Sobre a ADJ Diabetes Brasil

Fundada em 10 de março de 1980, a ADJ Diabetes Brasil é uma entidade não governamental, sem fins lucrativos, legalmente registrada no Registro Civil de Pessoas Jurídicas. Seu objetivo é promover educação nesse campo para pessoas com diabetes, familiares, profissionais de saúde e comunidade.

Atende gratuitamente as pessoas com todos os tipos de diabetes, de qualquer faixa etária e classe socioeconômica. Oferece um trabalho integrado realizado por uma equipe multidisciplinar.

A ADJ está em contagem regressiva para celebrar seus 40 anos de existência em 2020 e já começa a planejar suas iniciativas para marcar seu aniversário. 

Sobre a Retina Brasil

Associação de pacientes que, há mais de 15 anos, busca informar e apoiar as pessoas com doenças da retina, das comuns às raras. A Retina Brasil abraça, portanto, tanto os pacientes com Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI), Retinopatia Diabética e Edema Macular Diabético, quanto os pacientes com as doenças raras e hereditárias como a Retinose Pigmentar, a Doença de Stargardt a Amaurose Congênita de Leber e muitas outras. Trabalhamos na busca e na divulgação de informações confiáveis sobre as doenças da retina. Ao longo desses anos, realizamos dezenas de eventos em todo o Brasil, reunimos pacientes e oferecemos apoio às pessoas com doenças da retina e a seus familiares. Atuamos para a conquista dos direitos do paciente como o acesso aos tratamentos existentes, acesso à reabilitação entre outros direitos.

Sobre a Novartis

A Novartis está reinventando a medicina para melhorar e prolongar a vida das pessoas. Como líder global em medicamentos, utilizamos inovações científicas e tecnologias digitais para criar tratamentos transformadores em áreas de grande necessidade médica. Com foco na descoberta de novos medicamentos, estamos entre as principais empresas do mundo que investem consistentemente em pesquisa e desenvolvimento. Os produtos da Novartis alcançam mais de 750 milhões de pessoas em todo o mundo e estamos encontrando maneiras inovadoras de expandir o acesso aos nossos tratamentos mais recentes. Cerca de 105 mil pessoas de mais de 140 nacionalidades trabalham na Novartis em todo o mundo. Saiba mais em: www.novartis.com.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Imagem: Can Stock Photo

Comentários estão fechados