Dezembro Vermelho: diagnóstico precoce ajuda no controle do HIV

Infectologista fala sobre a importância da prevenção ao vírus da Aids

As inúmeras infecções oportunistas causadas por vírus, bactérias, protozoários e fungos, são os principais perigos para pacientes com a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida – Aids, doença causada pelo vírus HIV. Para os cerca de 38 milhões de brasileiros que, de acordo com o UNAIDS – programa das Nações Unidas em combate ao HIV/AIDS), convivem com o vírus, são extremamente necessários os tratamentos e os cuidados constantes com a saúde.

Segundo a infectologista Dra. Flávia Maciel Porto,membro da plataforma Doctoralia, o diagnóstico precoce é muito importante para o tratamento da doença. “A Aids, a doença causada pelo vírus do HIV, demora de 5 a 10 anos para se manifestar e, em sua maioria, HIV positivos são assintomáticos”, afirma.

Além disso, a vergonha de procurar ajuda médica o mais rápido possível pode comprometer a vida de muitas pessoas que, sem amparo profissional, convivem com a doença e podem não saber. Por isso, se o paciente passou por uma situação de risco, como ter feito sexo desprotegido ou compartilhado seringas, é vital que se faça o teste anti-HIV. No Brasil, os exames laboratoriais e os testes rápidos, que detectam os anticorpos contra o HIV levam cerca de 30 minutos e são realizados gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS), nas unidades da rede pública e nos Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA).

A especialista ainda alerta que, “o HIV e outras infecções de transmissão sexual podem acontecer em qualquer indivíduo que faz sexo sem preservativo. Não tem relação com cor, raça ou gênero. Se a pessoa inicia o tratamento rapidamente, ela não desenvolve a doença e, consequentemente, controla a replicação do vírus no organismo e sua transmissão.”

Sobre a Doctoralia

Doctoralia é uma empresa do Grupo Docplanner , maior plataforma de saúde do mundo. Presente em 13 países, o grupo é responsável por atender 45 milhões de pacientes e processar mais de 7 milhões de agendamentos de consultas por mês, atualmente, possui mais de 2 milhões de profissionais de saúde em sua base, com um total de 7 milhões de avaliações de pacientes. A companhia foi fundada em 2012, na Polônia, e possui uma equipe de 1.800 funcionários nos escritórios de Varsóvia, Barcelona, Istambul, Roma, Bolonha, Cidade do México e Curitiba. Com a missão global de tornar a experiência em saúde mais humana, a Doctoralia atende a diferentes públicos ao oferecer uma gama diversificada de serviços: marketplace que permite agendamento e avaliação de consultas, softwares médicos para consultas virtuais, sistema SaaS (Software as a Service) voltado para otimização da gestão e do fluxo de pacientes e TuoTempo , um sistema de relacionamento com o paciente, ou CRM (Customer Relationship Management), que promove elevada experiência oferecida por instituições de saúde, como hospitais e redes de clínicas.

Por: Máquina Cohn & Wolfe / Foto Ilustrativa: Freepik

Comentários estão fechados