Câncer Colorretal – 6 coisas que você precisa saber

O câncer do intestino grosso, também chamado câncer de cólon e reto, ou câncer colorretal, é uma doença que atinge indistintamente homens e mulheres.

Na maioria das vezes, o câncer colorretal se desenvolve gradativamente por uma alteração nas células que começam a crescer de forma desordenada sem apresentar qualquer sintoma. Por esse motivo, a detecção precoce é fundamental.


Quanto mais cedo é diagnosticado, maiores as chances de cura da doença. Infelizmente 75% dos casos diagnosticados em 2021 foram em fases mais avançadas da doença. (Fonte Radar do câncer) 


Encerrando março, mês de conscientização do câncer colorretal, o Oncoguia aproveita para ressaltar 6 coisas que todo mundo precisa saber sobre a doença:


1. É o segundo tipo de câncer mais frequente em homens e mulheres. 
20.520 homens e 20.470 mulheres. (estatísticas do Inca para casos diagnosticados por ano no Brasil)

2. Sim, você precisa prestar atenção nas suas fezes. Sem tabu e sem frescura: é muito importante que você observe as suas fezes. Preste atenção também no seu hábito intestinal (mudou? Está muito variado?)
Ou seja, o seu cocô ficou diferente e permanece assim? Converse com o seu médico! Você pode procurar um proctologista ou um clínico geral. 

3. A colonoscopia é o exame que previne o câncer colorretal. Isso é muito importante! 
O procedimento dura de 15 a 30 minutos e o paciente é sedado para evitar qualquer desconforto.
Se você tem mais de 50 anos ou se tem casos da doença na família, converse com seu médico e faça exames de rotina. 

4. Nem todo paciente com câncer colorretal usa bolsa de colostomia. E nem toda bolsa de colostomia é definitiva.
Atualmente, com o avanço das técnicas cirúrgicas e das opções de tratamento, as colostomias não são uma opção frequente e quando necessárias, são muitas vezes temporárias.

5. Ter um pólipo não significa ter câncer colorretal.
Os pólipos podem ser benignos ou pré-cancerígenos, mas em alguns casos, se não forem retirados, podem se tornar malignos (câncer). 
Os pólipos são retirados durante a colonoscopia.

6. Ficar longe de salsichas, salames, linguiça e outros, é fundamental na prevenção do câncer colorretal.
Cuidar da sua alimentação é cuidar da sua saúde. 

Sobre o Oncoguia
O Oncoguia é uma ONG que há 12 anos apoia, informa e defende os direitos dos pacientes com câncer, com o propósito de fortalecer, encorajar e guiar todas as pessoas que convivem com a doença para que passem por esse desafio da melhor forma possível.


Conheça nosso Radar do Câncer Colorretal:
http://www.radardocancer.org.br/painel/colorretal/

Por: Instituto Oncoguia / Foto Ilustrativa: Freepik

Comentários estão fechados